Make your own free website on Tripod.com

Quanto vale o Brasileirão???

 

Título vale 5 milhões

Presidente do Clube dos Treze, Fábio Koff, anuncia a premiação para os oito melhores classificados do Brasileirão. Times e jogadores entram na campanha contra o consumo de drogas no país

O presidente do Clube dos Treze, Fábio Koff, anunciou ontem os valores que serão distribuídos aos clubes melhores colocados no Campeonato Brasileiro da Série A. O título vale R$ 3 milhões; o vice R$ 1 milhão; semifinalistas ficarão com R$ 1 milhão cada, assim como os oito classificados para o playoff. Na verdade, o clube que for superando as diversas fases vai acumulando as premiações. Ou seja, o campeão terminará a competição com um prêmio de R$ 5 milhões.

Isso sem contar cotas de TV, publicidade estática e outras coisas.

– Será o melhor brasileiro de todos os tempos – prometeu Fábio Koff.

Depois de muita discussão, o Clube dos Treze chegou a um acordo quanto ao preço dos ingressos. Cada clube mandante terá liberdade para cobrar o quanto quiser. A medida privilegia atitudes como as de Grêmio e Inter. Os dois clubes lançaram carnês para seus torcedores. O do Grêmio, por exemplo, custa R$ 80 para os oito jogos do Tricolor em Porto Alegre. Fábio Koff quer atingir a média de público projetada para 2000 já neste ano.

– Ano passado tivemos 14.400 torcedores de média. Esse ano queremos chegar aos 18 mil. Essa era a meta esperada para 2000.

Outra preocupação é o calendário. Koff diz que vai lutar para acabar com a desorganização endêmica do futebol brasileiro. Para isso só vê uma solução:

– Teremos que racionalizar o calendário. Do jeito que está não dá. A nossa briga é para que os clubes não disputem dois, três campeonatos simultâneamente. A intenção é que cada clube dispute apenas um campeonato por semestre.

A tarefa não é das mais fáceis. Terá que mudar a mentalidade dos próprios clubes que aceitam, sem reclamar, a infinidade de copas, torneios e campeonatos a que são submetidos. Outra preocupação do cartola é a Seleção Brasileira. A partir de março do ano que vem começam às eliminatórias.

Governo e Clube dos Treze resolveram juntar as forças na luta contra as drogas. Ontem foi dada a largada da campanha "Sou Vivo, não uso drogas", uma iniciativa conjunta da entidade que congrega os grandes clubes do futebol e a Secretária Nacional Antidrogas(Senad).

Na festa de lançamento, realizada em um badalado restaurante dos Jardins, estiveram autoridades ligadas ao Governo Federal, presidentes e vários dirigentes de clube.

– Estava mais do que na hora de tomarmos uma iniciativa para combater esse mal que destrói milhões de jovens no mundo – disse Koff.

A campanha será veiculada no rádio, TV e outdoors. Terá anúncios nos principais jornais e revistas do país e custará cerca de R$ 400 mil.

Voltar