Make your own free website on Tripod.com

Novo Parceiro- Hicks Muse

O Corinthians mudou da água para o vinho em curto espaço de tempo. Preocupado com a queda de arrecadação provocada pela forte crise que envolve o país e pelas crescentes despesas provocadas não só pelo futebol, mas também por outros esportes (o clube disputa quase todos, oficialmente), e ainda pelos gastos cada vez mais elevados para manter a extra-ordinária infra-estrutura que conseguiu montar no clube desde que assumiu a presidência, Alberto Dualib resolveu arregaçar as mangas e achar uma solução definitiva para tantos problemas. Tudo começou com a troca de patrocinadores da camisa oficial. A Topper assumiu a confecção e o fornecimento de material esportivo e a Batavo passou a ser o novo parceiro da nação corintiana.

Mas, o pulo do gato foi dado pouco tempo depois, quando, assessorado por uma empresa de marketing esportivo (a Traffic, do empresário J.Hawilla), Alberto Dualib conseguiu contatar um dos mais fortes grupos norte-americanos de investimentos, a Hicks Muse, para firmar uma parceria de dez anos (já considerada a parceria do milênio) com o Corinthians que, a partir deste acordo, passa a contar com os recursos necessários não só para cobrir os seus gastos, mas, principalmente, para voltar a investir na modernização e na ampliação de seu já valioso patrimônio. Foram muitos dias e noites de discussões, de contatos por telefone e por fax, até que, representantes da Hicks Muse estiveram em São Paulo e definiram os últimos detalhes do contrato que, no dia 27 de abril, com a presença maciça da imprensa especializada, foi assinado pelos presidentes dos dois parceiros: Alberto Dualib, pelo Corinthians, e Charles W. Tate, pela empresa norte-americana.

De saída, Tate vê boas possibilidades de explorar os 18 milhões de torcedores potenciais do clube, com venda de artigos com a marca Corinthians e transmissões pay-per-view (a Hicks Muse tem concessões de TV a cabo em Salvador, Juiz de Fora, Niterói, São Gonçalo, Interior Paulista e Aracaju). No momento, a empresa está disputando uma grande praça brasileira, que poderá dar ainda mais força a esse acordo firmado para exploração da marca Corinthians em todo o território nacional e, num futuro, em alguns dos mais importantes países do Hemisfério Norte. "Entramos na fase do futebol-empresa, conta Dualib. "A partir de agora, posso ficar tranquilo, porque sei que o marketing e as finanças do clube estarão sendo cuidadas com o máximo de profissionalismo pelo nosso novo parceiro, a Hicks Muse".

O Corinthians vai receber da Hicks, Muse, Tate & Furst Incorporated o valor de US$ 60 milhões para a construção de um estádio para 45 mil pessoas. A obra terá tecnologia americana, com arquibancadas modulares de rápida instalação. O local ainda está sendo escolhido, mas Dualib adianta que não será em Itaquera, como muita gente imaginava. "Vai ser mais central, para facilitar seu uso não só para jogar futebol, como para shows e outros espetáculos artísticos". Pelo contrato firmado, por vinte anos, o estádio será administrado pela empresa, que depois vai entregá-lo ao clube por um valor simbólico de um dólar.

A Hicks Muse vai investir ainda, anualmente, US$ 25 milhões para saldar a folha de pagamento dos jogadores. Ela também vai atuar diretamente na contratação de reforços para a equipe de futebol. Os passes dos jogadores que atualmente pertencem ao clube vão continuar vinculados a ele. Se negociados, o dinheiro fica com o Corinthians. O lucro com a venda de jogadores revelados pelas equipes inferiores será dividido entre as partes. Se a empresa contratar um jogador e depois resolver negociá-lo, o Corinthians terá direito a 15% do valor do passe. "A Fiel pode comemorar. Teremos dinheiro para manter nossa folha de pagamento em dia e para contratar reforços. Até hoje, ganhamos títulos na competência e na raça. Sem a ajudam de ninguém. Agora vamos ter o apoio precioso da Hicks Muse, o que nos deixa em vantagem em relação a maioria de nossos rivais", comemora Dualib.

Licenciamento da marca Corinthians

Introdução - Produtos e Marcas
Não existem marcas equivalentes, apenas produtos e o que faz um consumidor comprar determinado produto é a marca e não o produto em si. A marca é o maior valor agregado que um produto pode ter. A melhor coisa que pode acontecer a um produto é o consumidor mencionar e repetir o seu nome, lembrando dele sempre que pensar na categoria a que ele pertence. Enfim, é ter a marca na mente.

O Marketing Esportivo
A parceria de negócios entre empresas dos diversos segmentos de produto de consumo e os clubes e associações em geral tornou-se uma realidade no mercado brasileiro.

Trata-se do "marketing esportivo" onde, por meio do forte apelo que os clubes despertam em seus torcedores e simpatizantes, abre-se uma enorme oportunidade de divulgação de produtos e serviços, seja institucional e de divulgação de marca ou, até mesmo, como fator de influência direta na hora da compra de produtos.

Neste particular, o futebol se destaca entre todos os esportes praticados pelos brasileiros, por ser o de maior apelo e também o mais "popular". Mesmo aqueles que não são aficionados por um determinado clube, normalmente simpatizam com um deles ou se intitulam torcedores do Brasil (seleção brasileira).

No universo acima descrito, cumpre-nos ressaltar que também o público feminino tem se tornado cada vez mais "entusiasta" da modalidade esportiva, sendo comum a presença de mulheres nas ruas, shoppings e outros locais públicos trajando a camisa oficial de seus clubes de coração.

Esta parceria tende a crescer nos próximos anos, não limitando-se apenas à exploração de patrocínios em uniformes oficiais dos clubes de futebol, mas também por meio do "marketing" junto aos esportes amadores, sedes sociais, produtos e serviços mantidos pelos clubes.

O Corinthians
Trata-se do clube de maior apelo e carisma no futebol de São Paulo e, junto com o Clube de Regatas do Flamengo, domina o cenário nacional.

A força do clube não se limita a um segmento ou grupo social definido. Ao contrário, o clube é conhecido como sendo "de massa", ou seja, tem penetração em todas as camadas sociais.

De acordo com pesquisa recente do IBOPE, o clube conta hoje com cerca de 20 milhões de torcedores em todo o país, com predominância nas regiões Sudeste e Sul. Essa mesma torcida (no futebol) levou o Corinthians a ser o campeão de renda em 10 oportunidades nos últimos 14 anos.

O clube possui hoje 40.000 associados, que por sua vez têm 60.000 dependentes e conta ainda com 12.000 sócios "remidos", formando um universo de 112.000 associados. Sua sede social está situada na rua São Jorge, 777, com 180.000 m² de área construída. A infra-estrutura instalada no clube conta hoje com um ginásio coberto para 15.000 torcedores (o maior do país), 12 quadras de futebol de salão, vôlei e basquete, além de 9 piscinas, sendo uma olímpica e oito de recreação (quatro delas aquecidas). O clube dispõe ainda de uma pista de atletismo e uma sala de ginástica. Para atendimento e maior conforto de seus associados, o clube oferece seis bares e um restaurante social com capacidade para 400 pessoas.

Seu estádio de futebol, denominado Alfredo Schuring, tem capacidade para 19.000 espectadores (com as recentes reformas).

A atual administração do clube, sob o comando do presidente Alberto Dualib, vem constantemente promovendo melhorias na sede social e hoje tem como objetivos maiores de mandato os seguintes pontos:

  • Aprimoramento da sede social com a construção de novos centros de lazer e infra-estrutura básica como bares, lanchonetes, salão de festas, central administrativa, anfiteatro; perfazendo uma área
    de 11.000 m².

     

  • Modernização do centro de treinamento de Itaquera.

     

  • A construção e finalização do centro de treinamento com 230.000 m², localizado na rodovia Ayrton Senna, a caminho do aeroporto de Cumbica.

     

  • A busca de parcerias fortes na área de marketing, visando um crescimento conjunto;

     

  • Além do futebol profissional, o clube desenvolve outras 19 modalidades de esportes amadores.

 

Licenciamento de Produtos
61 contratos existentes
Mais de 180 itens diferentes de produtos
Atuação em vários segmentos
Material esportivo, vestuário e confecções em geral
Brinquedos
Produtos alimentícios
Material escolar
Cama, mesa e banho
Informática
Miudezas em geral
Publicações
Possuímos uma linha diversificada de produtos, que vão desde um chaveiro até um televisor
Empresas licenciadas com a nossa logomarca:

  • Buettner
  • Cineral
  • Tilibra
  • Predilecta
  • Gulliver
  • Panini
  • Meias Aço
  • Dondent

 

Patrocinadores
Contamos hoje com parceiros de peso, como:
  • Batavo
  • Antarctica
  • Topper
  • Philip Morris
  • Yopa

Aspectos gerais
Por tudo isso, em fase de expansão de negócios, estamos ampliando nossas parcerias visando um crescimento conjunto. Neste primeiro momento fazemos um convite:
Licencie seu produto e venha juntar-se a uma das maiores grifes do país.

Desde já agradecemos a atenção dispensada e colocamo-nos à disposição para maiores esclarecimentos.

Luiz T. Galindo Jr.
Antonio Carlos Maida

 

Voltar